ações

Camil Alimentos (CAML3) - Você investiria?

Camil Alimentos (CAML3) - Você investiria?
Junte-se a mais de 45.000 pessoas

Entre para a minha lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Este artigo será um breve resumo da minha percepção sobre a Camil Alimentos (CAML3), mas antes contarei um pouco da minha história sobre os setores agro e alimentício!

Primeiramente, todo mundo já sabe (ou deveria saber) que sou apaixonado pelo setor agro e que invisto em empresas desse setor na B3.

Portanto, além de investir no setor agro em empresas como a SLC Agrícola e a Brasil Agro, também gosto muito de estudar e investir em empresas do setor de alimentos por considerar a perenidade dos produtos como um ponto importante.

Atualmente, existem ótimas empresas listadas no setor de alimentos na bolsa de valores como: M.Dias Branco e a Camil Alimentos.

Primeiramente, vamos fazer uma breve análise da empresa e, ao final do post, tenho certeza de que você terá condições de ponderar se investir na Camil Alimentos (CAML3) faz algum sentido racional para você.

Acima de tudo, quero ressaltar que o artigo aborda somente um pouco da minha visão sobre a empresa.

Sendo assim, lembrem-se que não se trata de nenhuma indicação de compra e venda, certo?

Sem perder mais tempo, vamos começar a discussão sobre o tema!

Conhecendo um pouco sobre a Camil Alimentos (CAML3)…

O que é a Camil Alimentos e o que a empresa faz?

A Camil Alimentos (Figura 1) foi fundada em 1963 e é uma das maiores companhias do setor alimentício da América Latina.

Logomarca da Camil Alimentos
Figura 1: Logomarca da Camil Alimentos.
Fonte: Site do RI da empresa.

De acordo com a apresentação institucional da empresa, a Camil Alimentos (CAML3) tem um grande destaque no cenário latino americano por ser:

  • A maior processadora e distribuidora de arroz no Brasil (marca Camil);
  • A primeira processadora e distribuidora de arroz no Uruguai (marca Saman);
  • A maior processadora e distribuidora de arroz no Chile (marca Tucapel);
  • A primeira processadora e distribuidora de arroz no Peru (marca Costenho);
  • A empresa líder no processamento e distribuição de açúcar no Brasil (marca União);
  • Segundo lugar no mercado de sardinha e atum no Brasil (marcas Coqueiro e Pescador).

Então, é possível ver que a empresa ocupa uma posição muito relevante no segmento em que atua, o que representa uma excelente vantagem competitiva em termos de participação de mercado (market share).

Outro ponto a ser observado é que a Camil Alimentos não executa a parte agro de seus produtos, ou seja, ela gerencia desde a originação até a distribuição e marketing.

Ao mesmo tempo que isso é válido para produtos como arroz, feijão e pescados, a dinâmica para a produção de açúcar é diferente, pois a empresa é responsável somente pelo final da cadeia produtiva (empacotamento, distribuição e marketing).

Primeiras impressões sobre o site de RI da Camil Alimentos…

Um dos primeiros fatos que me chamou a atenção ao analisar a Camil Alimentos foi o próprio site de Relação com Investidor (RI) da empresa e como o site explora a imagem dos produtos.

Desse modo, você pode notar claramente que a empresa se preocupa em expor os seus principais produtos e marcas (arroz, feijão, açúcar, atum e sardinha em lata) no painel principal da sua página (Figura 2).

Produtos da Camil Alimentos
Figura 2: Imagem do painel principal da página de RI da Camil Alimentos.
Fonte: Site de RI da Camil Alimentos.

Ainda que isso possa parecer algo muito simples, quando se trata de alimentos existe uma frase marcante que é: as imagens dos produtos são ótimos veículos de marketing.

Além disso, é importante notar que é a interface do site RI é muito intuitiva, o que facilita que o investidor encontre facilmente as informações mais relevantes.

Quais as principais vantagens competitivas da empresa?

De acordo com o site do RI da empresa, a Camil apresenta algumas vantagens competitivas, listadas na figura 3.

Vantagens competitivas da Camil
Figura 3: Vantagens Competitivas da Camil Alimentos.
Fonte: Site de RI da empresa.

Certamente, uma das principais vantagens competitivas mais marcantes da empresa é o reconhecimento de marcas icônicas (Figura 4) e os prêmios de preço que fazem com que os produtos diferenciados (premium) tenham maiores preços de mercado.

Marcas icônicas da Camil
Figura 4: Marcas Icônicas da Camil Alimentos.
Fonte: Apresentação Institucional da Camil Alimentos (março/2020).

Desse modo, as marcas icônicas Camil, União, Coqueiro e Pescador são consideradas referências no segmento de alimentos.

Além das vantagens competitivas listadas na figura 3, a empresa tem outras vantagens competitivas que são citadas a seguir:

  1. Investimento significativo no marketing de seus produtos, inclusive com uso de gôndolas personalizadas nos mercados;
  2. Ampla rede de distribuição de 400.000 postos de vendas, incluindo os varejistas Pão de Açúcar, Walmart e Carrefour, e atacadistas como Assaí e Makro;
  3. Repartição de carteira de produtos que cria produtos para atender diferentes segmentos da população;

Ainda que a Camil Alimentos não seja uma das empresas mais comentadas da bolsa, a análise das principais vantagens competitivas e do modelo de negócio da empresa mostram que a Camil tem um posicionamento estratégico bastante interessante.

Consequentemente, vale muito a pena estudar o “case” da empresa para entender todas as particularidades desse modelo de negócio.

Sequencialmente, vamos analisar um pouco da empresa na Bolsa de Valores.

A Camil Alimentos (CAML3) na Bolsa de Valores

A Camil Alimentos teve seu IPO na B3 em 26 de setembro de 2017 com a cotação das ações CAML3 no IPO no valor de R$ 9,00.

De acordo com o site Status Invest, nos últimos doze meses, data base de 16 de junho de 2020, as ações da Camil (CAML3) tiveram uma valorização de 66,67 %, ultrapassando o valor de R$ 10,00 por ação.

Do mesmo modo, o site Fundamentei mostra que as ações da empresa são compostas somente por ações ordinárias (CAML3) com tag along de 100 % e um free float de 27,3 %. O principal sócio majoritário da empresa (Camil Investimentos S.A.) detém 62 % das ações ordinárias da Camil.

Como é a política de pagamentos de dividendos da CAML3?

Conforme visto na apresentação institucional da empresa, há uma política interessante de pagamento de dividendos.

Desse modo, a Camil define em seu estatuto que os dividendos das ações CAML3 devem ser no mínimo de 25 % do lucro líquido da empresa.

Todavia, segundo o site Status Invest, nos últimos 12 meses, data base de 16 de junho de 2020, os dividendos da CAML3 foram de aproximadamente R$ 0,20 por ação, o que representa um dividend yield de 1,84 %, um valor bem reduzido.

Você investiria na Camil Alimentos (CAML3)?

Primeiramente, mais um vez, quero lembrar que compartilho apenas o meu racional e a decisão final do investidor deve ser tomada de acordo com sua estratégia e perfil de investidor, certo?

Se você tem dificuldades de analisar empresas e FIIs, eu escrevi um artigo sobre as casas de análises aqui no blog. Se quiser ler, basta clicar aqui.

Na minha opinião, gosto muito do modelo de negócio e do cuidado da empresa com o marketing de seus produtos e suas marcas icônicas, principalmente nos mercados.

Então, respondendo a pergunta do título do artigo: sim, eu invisto na Camil Alimentos!

Nesse sentido, penso que as ações CAML3 cabem na carteira de investidores de longo prazo, desde que não se exponham tanto a empresa, pois a Camil Alimentos ainda tem pouco tempo de B3 desde seu IPO.

Se você quiser saber detalhes mais aprofundados da Camil, fiz um vídeo no Youtube com uma análise da empresa. Basta clicar aqui.

E aí, você curte o setor de alimentos? Tem quais empresas? Gostou de conhecer a Camil Alimentos? Participe e comente.

Referências usadas no artigo: Site de RI da Camil Alimentos, Apresentação Institucional da Camil Alimentos (maio de 2020), Site Status Invest e Site Fundamentei.

 

 

 

 

 

 

 

 

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

One Reply to “Camil Alimentos (CAML3) – Você investiria?”

MDias Branco (MDIA3) - Conhecendo a empresa - Rodrigo Colombo

[…] Recentemente, fiz um post aqui no blog sobre a Camil Alimentos. Se quiser ler, basta clicar aqui. […]