Planilha de gastos pessoais, como usar e qual usar?

Se você não tem uma empresa ou não tem necessidade de manter os controles dos gastos de qualquer instituição, não pode deixar de lado o fato de que possui gastos mensais e, por mais irrisórios que eles sejam, saíram de algum lugar, vieram para o seu bolso e dali continuam o processo para qualquer outra forma de consumo.

Ou, por outro lado, se você é empregado, recebe um salário mensal e chega no final do mês, sua conta bancária está zerada, sua carteira vazia e você não sabe onde foi parar o dinheiro.

Geralmente, a situação é essa para a maior parte das pessoas.  😥 

Contas vencidas e contas a vencer, prestações a pagar, fatura do cartão de crédito, ou seja, todos os meses sempre estamos envolvidos com contas a pagar.

Quando temos um controle, fica mais fácil e, para uma melhor organização, basta uma planilha de gastos pessoais, que é o ponto chave deste meu artigo.

Se você trabalha por conta como freelancer ou um emprego que não tem um salário fixo, fica pior ainda, você nunca vai saber de memória o que consumiu durante o mês e o que ganhou.

A planilha de gastos mensais é uma ferramenta que pode ajudar inclusive a economizar dinheiro.

Se não está muito interessado em continuar a leitura, e está procurando apenas baixar planilhas de orçamento, você pode fazer com os links abaixo:

Caso ainda não sabe como uma planilha funciona, continue lendo que final você consegue os links novamente.  😉

A planilha de gastos pessoais ajuda a sair da inadimplência

planilha de gastos pessoais

O grande problema das pessoas é a falta de controle nos gastos.

Essa situação levou o Brasil, durante a crise que atravessamos, a ter um percentual de praticamente 60% da população com dívidas, em situação de inadimplência, com dívidas em atraso e sem possibilidade de fazer o pagamento.

O planejamento e o controle através de uma planilha de gastos pessoais é a melhor maneira de controlar os gastos, mesmo porque é preciso pensar que o dinheiro não nasce em árvores e que é preciso manter uma reserva para gastos emergenciais.

Quem gasta o que ganha, não guarda para emergências.  👿 

Cuidando do orçamento com a planilha de gastos pessoais

Em qualquer situação, uma planilha de gastos pessoais é de fundamental importância para controlar o orçamento.

Uma planilha bem feita contém um conjunto de tabelas e gráficos, com valores e informações de forma organizada, apresentando determinadas contas onde você deve lançar o que gastou, ou dando a você a possibilidade de criar suas próprias contas, onde irá lançar o que estiver gastando.

Ao manter uma planilha de gastos mensais, você vai encontrar uma série de vantagens.

A primeira delas é poder anotar todas as despesas e comparar com o total de suas receitas.

A segunda é que você vai poder verificar, através dos números, que alguns custos podem ser reduzidos, como aquele cafezinho de todo dia na padaria, que custa bem mais caro do que o cafezinho que você toma em casa.

Em terceiro lugar você terá praticamente um sistema de gestão em suas mãos, que oferece resultados instantâneos e automáticos, sem precisar fazer uso da calculadora para saber o quanto sobrou no banco.

Hoje você pode encontrar inúmeras planilhas de gastos pessoais e aplicativos que oferecem a facilidade de controle, com modelos diferenciados para cada necessidade.

Como a ideia é controlar os gastos, é preciso só uma coisa: que você, ao procurar a sua planilha, tenha disciplina de fazer os lançamentos assim que gastar algum dinheiro.

O uso da planilha de gastos pessoais educa o consumo

Em tempos de crise, a planilha de gastos pessoais ajuda você a criar e cultivar o hábito de anotar todas as despesas, desde aquele cafezinho que falamos antes até a mensalidade da faculdade.

O que é preciso é anotar tudo o que se gasta, até mesmo aquele troco que ficou no bar da esquina quando você comprou um chocolate e a moça do caixa lhe deu uma bala.

Tudo é valor, portanto, tudo deve ser anotado.

Se você se acostuma a anotar até os centavos, você conseguirá maior controle nos gastos e irá identificar todos os gastos desnecessários e, no final do mês, poderá fazer um planejamento melhor dos seus rendimentos.

A proposta da planilha de gastos pessoais é controlar as despesas e garantir que sobre algum dinheiro no final do mês.

Para garantir o controle, no entanto, você precisa manter sua planilha atualizada diariamente.

Aqui, basta perguntar a você o que foi que você gastou no último final de semana.

Pode ser que você se lembre que esteve num restaurante ou que foi ao cinema, mas se lhe perguntarem o quanto consumiu, dificilmente vai se lembrar.  🙄 

Fazendo os lançamentos na planilha todos os dias, no final do mês você terá um resumo de tudo o que foi gasto.

Aí será hora de parar e de analisar o que pode ser cortado, o que pode ser economizado e como você poderá investir o que sobrou.

Esse é o início de uma educação que tem como objetivo gerenciar a própria vida financeira, dando ao dinheiro o seu real valor, mesmo ao mais reles centavo que ficaram como troco.

Para ajudar nesse processo de educação financeira, estou disponibilizando uma planilha de gastos pessoais para seu uso.

Experimente e comece a economizar.