É possível sim mudar sua vida Financeira. Basta VOCÊ querer!

Se começar hoje, além de mudança de vida, você garante um aposento Digno! (Deixe seu email que tenho dicas pra você.)

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Qual a importância da Previdência Privada?

Qual a importância da Previdência Privada?

A previdência privada é a melhor forma de garantir o futuro tanto seu quanto de sua família, eliminando as possibilidades de não conseguir manter condições dignas de vida quando chegar a uma idade mais avançada.

A situação atual é bastante diferente de algumas décadas atrás, quando era possível a qualquer pessoa sobreviver com a previdência social, mantendo um padrão de vida na velhice e essa é uma tendência mundial.

O que vemos é que a população está envelhecendo, principalmente nos países mais avançados, indicando claramente que a proporção de idosos é cada vez maior em comparação com a população ativa.

Através da previdência pública, são os trabalhadores que sustentam os aposentados e pensionistas. Hoje, no Brasil, o percentual de pessoas com mais de 60 anos na população está em torno de 6,8% e esse índice deverá passar para mais de 23% em 2050.

O raciocínio, dessa forma, é bastante simples: enquanto hoje existem mais pessoas trabalhando para sustentar menos idosos, no futuro essa proporção será invertida, tornando completamente inviável manter a previdência pública.

E, nesse caso, a única saída será a previdência privada. As dificuldades para conseguir uma boa aposentadoria serão ainda maiores e o governo deverá pagar aposentadorias cada vez menores.

Você já pensou em previdência privada?

Se você ainda não pensou em previdência privada, está mais do que na hora de tomar uma atitude, uma vez que não pode deixar o futuro pegar você e sua família desprevenidos.

A imagem abaixo, demonstra com alguns cálculos simples o retorno que se pode ter se organizando com pensamento no futuro.

previdencia privada

A previdência privada se apresenta como a única saída para ter uma perspectiva de renda extra no futuro, sem depender apenas da previdência pública. A situação é tão séria que, como você sabe, o próprio governo federal está buscando aprovação de uma reforma da previdência, elevando a idade para a aposentadoria dentro de novos parâmetros, acompanhando o envelhecimento da população.

Nos planos de previdência privada você pode definir o quanto e a partir de quando você pretende ter sua aposentadoria. Dentro desse planejamento, irá depositar mensalmente um valor, que ficará rendendo juros até o momento em que você irá começar a receber os benefícios. Como se trata de um planejamento financeiro, você pode garantir aos poucos um bom rendimento, sem precisar depender de aplicações.

Os planos de previdência privada oferecidos atualmente permitem constituir reservas para a aposentadoria, desfrutando de benefícios fiscais e permitindo a acumulação de recursos que irão possibilitar um futuro melhor para você e para os membros de sua família.

Tipos de previdência privada no Brasil

No Brasil temos dois tipos de planos de previdência privada, o aberto e o fechado. O primeiro pode ser contratado por qualquer pessoa, enquanto que o fechado é destinado a determinados grupos, como os funcionários de uma empresa, por exemplo.

O mercado financeiro oferece as VGBL, PGBL e os Fundos de Pensões.

O VGBL É O Vida Gerador de Benefício Livre, que são valores pagos à previdência privada que não podem ser deduzidos do Imposto de Renda. É um tipo de aplicação para quem não tem renda tributável ou para quem declara o Imposto de Renda através do formulário simplificado.

O PGBL é mais interessante para quem tem renda tributada da fonte, declarando o Imposto de Renda pelo formulário completo. O Plano Gerador de Benefício Livre mostra-se como um bom investimento, podendo ser deduzir até 12% do valor de sua renda bruta anual.

Os PREV, ou Fundos de Pensões, que são a previdência privada fechada, é uma alternativa que só pode ser escolhida por aqueles que são funcionários de empresas associadas ou associados de entidades de classes e cooperativas de crédito, como a Petrosprev, a Oabprev, a Craprev e a Sicoobprevi, por exemplo. Nessa modalidade de previdência privada é cobrada uma taxa de gestão administrativa mais barata do que na previdência aberta, permitindo também dedução no Imposto de Renda.

Em qualquer plano de previdência privada é importante analisar aquele que melhor se encaixa no perfil do interessado.

Conclusão

A busca por um plano de previdência privada mostra-se importante no momento atual, já que se trata de uma preparação para o futuro financeiro tanto próprio quanto da família.

Por mais que você esteja numa situação tranquila no presente, é necessário pensar em situações que possam acontecer no futuro, começando a tomar as providências de imediato, criando uma reserva financeira para garantir o seu padrão de vida quando envelhecer.

Dentre os investimentos oferecidos pelo mercado financeiro, a previdência privada é o que se apresenta como mais seguro e rentável. As instituições financeiras estão se voltando para esse tipo de aplicação e oferecendo, inclusive, coberturas adicionais, com benefícios como pensão por morte ou invalidez, prevendo todo tipo de possibilidade.

Se você ainda não tem o seu plano de previdência privada, não deixe o tempo passar: procure uma instituição financeira e faça o seu plano, garantindo seu futuro e o de seus familiares. Afinal, nunca podemos saber o que vai acontecer amanhã.

Além da previdência, existem outras formas de investir a longo prazo, uma delas e o Tesouro Direto que trabalha basicamente com empréstimo de dinheiro para títulos do governo.

Sobre o Autor

Rodrigo Colombo
Rodrigo Colombo

Formado em Administração e Gestão Financeira, Empreendedor Digital com mais 5 projetos em andamento. Sempre gostei de Finanças e Investimento, o que me levou a Gestão Financeira.

Fale Comigo!