Saiba investir em Fundos Imobiliários

Sabe o que são Fundos Imobiliários? Sabe como investir nesta modalidade?

No Brasil, existe uma tradição muito antiga quando se fala em investimento em imóveis.

Com certeza, você já ouviu do seu pai ou de sua mãe, os seguintes conselhos:

  • Quem casa, quer casa!
  • Um imóvel é o melhor investimento que existe.
  • Ter uma casa deve ser prioridade.
  • Viver de aluguel é terrível. Tenha uma casa própria.

Ninguém aqui está dizendo que eles estão errados. Ou certos!

Mas uma coisa você vai concordar comigo, e isso é inegável: adquirir um imóvel é bem difícil e custoso.

Principalmente aqui em nosso país. Além dos preços serem altos, existe uma burocracia enorme por trás da compra de uma casa, terreno ou apartamento.

Caso seu objetivo seja adquirir um imóvel para aluguel, existe ainda mais procedimentos e outras coisas para serem resolvidas antes de disponibilizar o prédio ou casa para o inquilino.

Diante de todos esses fatos, você deve estar se perguntando se existe uma alternativa mais fácil e barata para se investir em imóveis.

Uma maneira em que você possa ser dono de um prédio ou empreendimento, investindo um capital baixo no início, e com chances de aumenta-lo através da valorização e aluguel.

E agora, você tem a oportunidade de conhecer como você consegue tudo isso através dos Fundos Imobiliários.

Veja o que iremos abordar neste artigo:

  1. O que são Fundos Imobiliários?
  2. Ganhos e prejuízos atrelados
  3. Principais vantagens
  4. O que analisar em um Fundo Imobiliário

Não esqueça de compartilhar este artigo com seus amigos e familiares, caso ele tenha sido útil para você em algum aspecto.

O que são Fundos Imobiliários?

Imagine o cenário: você está em São Paulo, a maior metrópole brasileira.

Neste momento, você pega um táxi e inicia um passeio pela Avenida Paulista, e fica maravilhado com todos os prédios bonitos e enormes que ali existe.

De repente, durante seu trajeto, você se direciona para a Avenida Faria Lima, e observa mais uma vez grandes e belos edifícios. E cada vez mais, se impressiona com tudo isso.

E surge uma pergunta, quase que automática:

“Quem será que é dono de tudo isso? É possível alguém adquirir uma parte destes prédios?”

A resposta é positiva. Graças aos Fundos Imobiliários. Segue sua definição:

Fundo Imobiliário: conjunto de recursos destinados a aplicação em ativos relacionados ao mercado imobiliário.

Neste caso, uma instituição financeira, que possui um prédio comercial bem grande, disponibiliza para venda pequenas partes dele, para quem quiser se tornar dono (ou sócio).

Essas partes são conhecidas como cotas, e são negociadas durante o pregão da Bolsa de Valores.Processo bem similar a compra e venda de ações.

Ganhos e prejuízos atrelados

Qual seria uma das principais ideias de se comprar imóveis?

Claro que você pensou em:

  • Valorização do imóvel
  • Renda extra através de aluguel

Com os Fundos Imobiliários, não é diferente.

Quando você adquire uma ou mais cotas, não somente passa a ser dono de parte do empreendimento, como também tem direito a receber o aluguel mensal do mesmo.

Além da possibilidade de aumentar seu patrimônio com a valorização dos imóveis e outros recursos do fundo.

Mas existem riscos? Como calculá-los e mitigar as perdas?

Assim como o setor imobiliário tem seus ciclos de altas e quedas, os fundos imobiliários estão sujeitos a essas variáveis.

Nada que um bom planejamento e objetivos bem definidos consiga reduzir os efeitos destes riscos.

Assim como você teria a mesma cautela para adquirir uma casa ou um apartamento, os mesmos cuidados devem ser considerados ao comprar ou não uma cota.

Principais vantagens

Vamos agora ao que interessa: por quê Fundos Imobiliários são uma excelente opção de investimento?

A primeira resposta, sem sombra de dúvida, é a facilidade de se investir nessa modalidade.

Basta que você tenha uma conta em uma corretora que, dentre seus produtos, disponibilize a compra e venda de Fundos Imobiliários.

Quanto é necessário ter em dinheiro para investir? Você pode adquirir cotas de bons fundos imobiliários com valores iniciais entre R$ 1.000,00 e R$ 5.000,00.

Isso se mostra outra vantagem: baixo valor necessário para começar a investir.

Com relação aos impostos, não existe tributação em cima dos alugueis que você ganha de cada fundo.

Existe apenas um imposto de 20% sobre a venda de um Fundo Imobiliário, caso você consiga lucrar com essa transação.

Outra grande vantagem é a liquidez dos Fundos Imobiliários. Você pode vende-los durante o pregão do Ibovespa, e ter seu dinheiro em 3 dias na sua conta.

O que não acontece quando se é dono de um imóvel, e as vezes espera por anos para vendê-lo, arriscando até mesmo perder dinheiro nessa operação.

Toda a administração do prédio e dos recursos de um Fundo Imobiliário são feitos pela instituição financeira detentora.

Ou seja: você não precisa se preocupar com questões administrativas ou de qualquer natureza que envolva a gestão do fundo.

De longe, os Fundos Imobiliários são uma excelente escolha para fazer seu dinheiro trabalhar para você. Porém, algumas coisas devem ser levadas em conta

O que analisar em um Fundo Imobiliário

Assim como qualquer investimento, é certo que você precisa analisar vários fatores. Como dito antes, é um investimento que, apesar de ser interessante, tem seus riscos.

A primeira coisa a ser avaliada é a empresa ou instituição que administra os recursos de um fundo imobiliário. Neste caso, é importante analisar:

  • Quem é a instituição?
  • Quais são os prédios e outros recursos que ela administra?
  • Quanto tempo ela vem trabalhando nisso?
  • Tem uma boa reputação?

É praticamente o mesmo cuidado quando se compra um imóvel através de uma imobiliária, para não cair em um péssimo negócio.

Outra coisa interessante a ser avaliada é o valor das cotas.

Como se sabe, imóveis se valorizam com o tempo, e muitas vezes, por mais que seja um excelente negócio, seu preço está bem elevado.

Da mesma maneira, você deve se atentar para não comprar em momentos em que determinados fundos imobiliários estejam caros demais.

Existem consultorias financeiras que se concentram em analisar esses fundos, e dão excelentes recomendações sobre quais deles são os melhores, e se estão com preços atraentes.